Existem duas técnicas de clareamento dental. A se considerar a otimização dos resultados, elas podem ser utilizadas em conjunto ou isoladamente:

Clareamento Caseiro

Uma moldeira especial é confeccionada sob medida para os dentes do paciente, que, além dela, também recebe uma seringa contendo um gel clareador. Este gel deve ser depositado na moldeira (em pequena quantidade) e, em seguida, levado à boca, nela permanecendo por algumas horas.

Geralmente, recomendamos que o paciente a utilize antes de dormir, após a higiene dos dentes, durante o período preestabelecido pelo profissional.

Esse processo é repetido diariamente, por cerca de 4 dias consecutivos. Após esse período, é necessário agendar o retorno ao dentista para a avaliação dos resultados alcançados;

Clareamento a Laser/LED

Realizado em consultório, este é um procedimento no qual, após o correto isolamento das gengivas o gel clareador é colocado sobre a superfície dos dentes. A luz do laser ajuda a diminuir a sensibilidade durante a ação, proporcionando mais conforto ao paciente.

É muito discutível o efeito da luz sobre os resultados do clareamento, haja vista que os últimos trabalhos publicados demonstraram que ele não desempenha papel relevante na qualidade do tratamento.

Uma questão importante que devemos ressaltar é que o clareamento não é milagroso, gerando resultados que variam de uma pessoa para outra.